Mercado de trabalho] Quais são as profissões do futuro?

Amanda Matos e William Santos

Como será o amanhã? Responda quem puder. Trocadilhos à parte com o samba-enredo de 1978 da Escola de Samba União da Ilha, vivemos atualmente constantes transformações. São novas tecnologias, demandas, carreiras. Nesse cenário, quais serão as profissões do futuro?

Uma pesquisa realizada pela consultoria Programa de Estudos do Futuro (Profuturo), da Fundação de Instituto Administração (FIA), mostra quais são as tendências profissionais para 2020. Urbanização, aumento populacional e do número de idosos, popularização da ciência. Tudo isso ajuda a definir para onde irá o mercado de trabalho nas próximas décadas.

As profissões que mais vão se destacar estão ligadas ao setor de serviços, saúde e qualidade de vida; turismo e lazer; e alimentação. Além dessas, também terão sucesso as profissões relacionadas à tecnologia da informação e aos serviços para a terceira idade. É o que aponta a pesquisa Delphi “Carreiras do Futuro”, realizada pelo Profuturo. A pesquisa discutiu profissões inovadoras, empreendedorismo e tendências para 2020.

Para Tony Michael Souza, fundador da Treenil Consultoria Profissional, “essas são as áreas que mais terão um crescimento nos próximos anos e esses profissionais serão os mais bem remunerados do mercado”. A Treenil Consultoria Profissional surgiu em 2009, com o intuito de “ajudar pessoas na recolocação profissional e na conquista de seu primeiro emprego”, conta Tony.

Uma outra pesquisa, esta realizada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), descobriu que a maioria das empresas brasileiras pretende contratar mais funcionários nos próximos anos. As vagas abertas têm ligação com engenharia, automação e conhecimentos de informática.

Engenharia de Energias e Meio Ambiente é uma das profissões com boas perspectivas para o futuro

Sobre esse outro aspecto, segundo Anderson Brito Paz, da BPait Consultoria Empresarial, “a valorização do ramo petrolífero nos últimos anos se deve à descoberta da camada pré-sal que se estabelece basicamente na Bacia de Campos, no Estado do Rio de Janeiro”.

Para o Ceará, as expectativas também são boas. Segundo Mardônio Costa, analista de mercado de trabalho do Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT), “em função do ritmo de crescimento da economia do Estado nos últimos quatro, cinco anos, o mercado de trabalho tem evoluído consideravelmente”.

“Fortaleza está um canteiro de obras. A perspectiva é que, mantendo a política atual, o crescimento continue. Até porque os investimentos vão maturar. E é importante que esse crescimento se torne sustentável”, completa ele.

Sobre as mudanças no mercado para os próximos anos, Mardônio adianta que “há uma perspectiva de melhora da economia internacional. E o mercado de trabalho vai acompanhar essa tendência, mas com a demanda de um profissional altamente qualificado”, diz.

Escolas de educação profissional, como o SENAC, oferecem cursos profissionalizantes

Assim sendo, para quem quer ter emprego garantido no dia de amanhã, a dica é se qualificar. As escolas de educação profissional estão aí para isso. O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), por exemplo, oferece diversos cursos profissionalizantes. Os mais procurados em Fortaleza, segundo dados do próprio SENAC, são os de beleza, ligados à área de ambiente e saúde, e os de gastronomia, ligados à área de turismo, hospitalidade e lazer.

Quem está investindo no amanhã

Profissionais que já estão no mercado ou estudantes que se preparam para ingressar nele também podem fazer parte dessas mudanças e já exercerem uma profissão do futuro. Para isso, é importante investir na qualificação profissional. A estudante de Pedagogia Lo-Ruama Amaro considera que “só a graduação hoje em dia é quase um ensino médio”. Ela pretende fazer cursos no exterior e procurar estágios como uma forma de valorizar o currículo.

Segundo Tony Michael Souza, da Treenil Consultoria Profissional, “é importante que o profissional sempre busque melhorias na sua profissão, como os cursos profissionalizantes, para aprimorar e atualizar seus conhecimentos na área em que trabalha”.

Mais profissões, mais opções

O surgimento dessas novas carreiras não significa, necessariamente, que as profissões mais tradicionais entrarão em declínio. Anderson Paz acredita que “uma profissão não substitui a outra. As novas (profissões) são de áreas diferentes e o mercado é abrangente para todos os segmentos”.

Nesse sentido, para Anderson, as profissões do futuro não devem desvalorizar médicos e advogados, por exemplo. “Pode haver um declínio na procura, mas não uma extinção desses segmentos”, pondera o consultor.

Consequência desse crescimento do mercado é que os jovens – e porque não adultos e até aposentados – agora têm mais opções na hora de escolher que tipos de atividade profissional desejam exercer em suas vidas. Na Universidade Federal do Ceará, a UFC, são 76 cursos de graduação só em Fortaleza.

No processo de escolha da profissão, Anderson Paz afirma que é importante estudar sobre as diversas áreas de atuação que o mercado oferece. “É bom estudar a grade curricular dos cursos superiores e técnicos que te interessam e daí estabelecer se você tem uma afinidade com o curso ou não. Buscar orientação profissional com psicólogos, gestores de recursos humanos ou consultores também lhe dará uma orientação melhor e um diferencial. Outra dica é conversar com profissionais já atuantes na área. Essa é uma boa forma de saber se é aquilo que você almeja ou não”, aconselha ele.

Heitor Pereira e Beatriz Cavadas são dois jovens com algo em comum: ambos acabaram de ingressar na Universidade. Mas as carreiras escolhidas por cada um deles segue rumos diferentes. Enquanto um optou por uma profissão que é novidade, a outra preferiu uma mais tradicional. Heitor cursa Engenharia de Energias e Meio Ambiente e pretende escolher, a partir do terceiro ano de curso, Engenharia de Petróleo. Já Beatriz escolheu Medicina.

Por que eles escolheram essas profissões? Eles têm perspectivas de um mercado aquecido para o futuro? Confira abaixo o que eles falaram sobre essas questões.

Experiências na Universidade como um diferencial

Confira abaixo um vídeo feito com alunos da Universidade Federal do Ceará. Eles fazem parte de projetos como a LIGA Experimental de Comunicação, agência de comunicação dos cursos de Jornalismo e Publicidade, e a Inova, empresa júnior que reúne os seis cursos da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC). Eles falam sobre como essas experiências extra-sala podem ser um diferencial na hora de conquistar uma vaga de emprego no futuro.


Veja Mais

No quadro abaixo, você encontra mais informações sobre as dez profississões do futuro apontadas pela pesquisa realizada pela consultoria Profuturo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

About these ads

One response to “Mercado de trabalho] Quais são as profissões do futuro?”

  1. Naiana Rodrigues says :

    Meninos,

    Gostei do antetítulo “mercado de trabalho”, mas ele deve aparecer em uma fonte menor. Sei q esse layout não favorece, mas vc poderiam ter pelo menos deixado uma linha de espaço entre ele e o título, para ficar mais claro. Aliás, em relação ao título, ele está mto abrangente e clichê. Vcs poderiam ter fechado mais a partir do aspecto mais relevante observado durante a apuração e elaboração do texto.

    Gostei do uso da letra do samba-enredo, deveriam apenas ter colocado entre aspas para deixar claro que se trata de uma citação. Só acho que vcs poderiam ter feito a ligação da letra do samba com o tema da matéria de outra maneira. Exemplo:

    “Como será o amanhã? Responda quem puder”. Trocadilhos à parte com o samba-enredo de 1978 da Escola de Samba União da Ilha, do Rio de Janeiro, vivemos atualmente constantes transformações que nos levam a fazer essa pergunta quase todos os dias. Para os jovens, esse questionamento ganha mais importância quando chega o momento de definir a profissão que irão seguir. (Esse seria o meu lide).

    O segundo parágrafo ficaria melhor com uma inversão de informações: Urbanização, aumento populacional e do número de idosos, popularização da ciência. Tudo isso ajuda a definir para onde irá o mercado de trabalho nas próximas décadas. Pelo menos, conforme pesquisa realizada pela consultoria Programa de Estudos do Futuro (Profuturo), da Fundação de Instituto Administração (FIA), mostra quais são as tendências profissionais para 2020.

    No terceiro parágrafo, repetição da palavra profissão. Evitar, isso deixa o texto cansativo e pobre. Assim como “tendências profissionais para 2020″, que só não se repete literalmente em um parágrafo adiante pq foi retirada a palavra profissionais. Qdo li, tive a sensação de que estava lendo uma informação repetida.

    De onde é a Treenil Consultoria Profissional?

    A foto não está aparecendo…

    O Mardõnio, a fonte que faz a ligação com o Ceará, não disse mta coisa especificamente. Dizer q a economia cresce, ok, mas daí, que tipos de postos de trabalho isso irá gerar no Ceará?

    “Assim sendo, para quem quer ter emprego garantido no dia de amanhã, a dica é se qualificar”. Em quê? Na área em que já atua, em áreas técnicas e tecnológicas, de q tipo?

    Gostei de ter um link para a página do Senac.

    “Profissionais que já estão no mercado ou estudantes que se preparam para ingressar nele também podem fazer parte dessas mudanças e já exercerem uma profissão do futuro. Para isso, é importante investir na qualificação profissional.” Trecho desnecessário, poderia ter ido direto com a personagem.

    Gostei da discussão trazida no segundo intertítulo. Minha observação é em relação aos dados da UFC, vcs poderiam ter buscado saber qtos cursos existiam há 10 anos, para comparar com o número atual. Aí, teríamos uma noção maior de como o leque de opções profissionais se ampliou de fato.

    Verbo escolher aparece em excesso.

    Onde estão os vídeos com as falas do Heitor e da Beatriz?

    Gostei do quadro!!

    Gostei do vídeo e da edição. Ele poderia ter sido mais curto, pq alguns depoimentos têm o mesmo sentido. Talvez se vcs tivesse focado em três personagens, se alternando, tivesse ficado mais interessante.

    As observações foram muitas, mas a qualidade do material está muito boa, para o estágio em que vcs se encontram. Minhas anotações e questionamentos são no sentido de que vcs se aprimorem mais na apuração e elaboração dos conteúdos informativos. De toda forma, parabéns pela matéria, vcs apuraram muito, trouxeram dados atuais e relevantes e construíram um texto acessivel e prazeroso de ler, o que já é muito!

    Agora, o q houve mesmo com as imagens e outros vídeos?

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: